sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz Ano Novo

Olá a todos!

Hoje termina mais um ano. Embora tenha sido um tanto trabalhoso e complicado, temos de ser positivos e fazer um balanço geral do mesmo.
De certo existiram coisas que preferiam esquecer, mas as memórias que queremos recordar no futuro são as mais importantes e as que nos mantêm vivos!
Por isso, esqueçam as inimizades e os infortúnios. Há muito mais para além disso, há alegria, amor e esperança, há amizade e desejos. Realizem-nos... não deixem nada para trás.


Com votos de um feliz 2011,
Um beijinho para todos vós :D

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Apresentação à turma do projecto "Oncologia-CONSEGUIR"

video

Hoje fizemos a apresentação do nosso projecto à turma.
Dissemos o que já fizemos ao longo do período e o que pretendemos fazer ao longo do ano.
Mostramos este pequeno vídeo, que resume um pouco sobre que temas queremos incidir, e do que se trata de uma doença oncológica.
Esperemos que gostem deste vídeo realizado por nós.

Comentem e não se esqueçam de dar a vossa opinião!
O vosso contributo é bastante importante.

Até a próxima :)

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O telemovel pode causar cancro do cerebro como o tabaco causa cancro do pulmão


A possível relação causal entre o uso de telemóveis e o cancro do cérebro é muito parecida com a relação entre o tabaco e o cancro do pulmão.
Heberman, director do Instituto de saúde e meio ambiente da universidade de Albany disse que o risco de cancro cerebral pelo uso do telemóvel é bastante maior para crianças do que para adultos. Este apresentou um modelo que mostrava como a radiação de um telemóvel penetrava mais profundamente no cérebro de uma criança de 5 anos do que no de um adulto. O médico acrescentou que, assim como os maços de cigarro têm mensagens de advertência do risco para a saúde, os telemóveis "precisam de uma mensagem de precaução".
Um tumor no cérebro demora cerca de uma década para se desenvolver, afirmam os cientistas.
Uma recente pesquisa sueca, do cientista Lennart Hardell, afirma que um utilizador regular tem duas vezes mais riscos de desenvolver um tumor no nervo auditivo do lado que utiliza o aparelho do que do outro lado.
Segundo um comunicado científico de Setembro da Real Sociedade de Londres, os adolescentes que começaram a usar telemóveis antes dos 20 anos têm cinco vezes mais possibilidades de desenvolver cancro do cérebro aos 29 do que aqueles que não têm telemóvel.

Até à vista!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Cura revolucionária para o cancro do fígado

Médicos e investigadores de Singapura criaram chips de silicone que permitem tratar o cancro do fígado sem os habituais efeitos secundários.

Pierce Chow, director de cirurgia experimental no Hospital Geral de Singapura, explica que o tratamento se faz com chips de silicone biodegradáveis que eliminam as células cancerígenas num raio de oito milímetros.
O tratamento ainda não foi testado em humanos, mas as experiências em ratos e porcos foram bem sucedidas. O grupo de investigadores está agora à procura de 10 pacientes, que não possam ser submetidos a intervenções cirúrgicas, para servir de cobaias. De acordo com o director, caso as experiências em seres humanos sejam positivas, os chips anti-cancro deverão estar disponíveis no mercado dentro de três anos.
O tratamento através de chips de silicone de pequenas dimensões pode ser controlado rigorosamente. Deste modo, apenas as células cancerígenas e um número reduzido de células saudáveis em torno da área do tumor são eliminadas.
Também são utilizados materiais biodegradáveis no tratamento de certas doenças, mas nenhum deles, até agora, tinha resistência para transportar isótopos radioactivos.

Talvez esta seja a nova esperança de que estávamos à espera!

Até mais :D

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Cancro do pâncreas: investigação aponta novo tratamento

O cancro do pâncreas é um dos mais letais e quando é descoberto já pouco se pode fazer, mas investigadores da Universidade de Coimbra recorreram à genética para descobrir quais as lesões que se tornarão malignas.

Pioneira a nível internacional, a investigação está a ser finalizada no Centro de Investigação em Meio Ambiente Genética e Oncologia (CIMAGO) da Faculdade de Medicina de Coimbra e os resultados permitem perspectivar, a curto prazo, uma metodologia capaz de discriminar as lesões que no futuro evoluem para cancro.

A investigação consiste em análises genéticas de vários marcadores no DNA do líquido ou aspirado pancreático, colhido na biopsia, identificando as mutações que prevêem a evolução para a malignidade




Fumadores de marijuana têm o dobro de risco de ter cancro

Os homens que fumam marijuana frequentemente têm o dobro do risco de ter cancro dos testículos, segundo um estudo do Fred Hutchinson Cancer Research, citado pela CNN.
Para este estudo, foram entrevistados 369 homens, com idades entre os 18 e os 44 anos, com diagnóstico positivo, que foram comparados com 979 homens sem cancro.
A equipa de Seattle concluiu que, aqueles que são consumidores frequentes de marijuana, têm 2.3 vezes mais o risco de ter cancro nos testículos.
Este tipo de cancro é raro - a probabilidade é de 1 em 300-, mas os diagnósticos têm vindo a aumentar progressivamente. No entanto, os investigadores admitem que o consumo de marijuana é apenas um dos factores que intervém na doença.

Até logo!

Benefícios do alho

O alho é usado há muito tempo para fins terapêuticos. Os povos antigos reconheciam-lhe o poder de curar e ” limpar” o sangue. O alho pode ser um aliado no combate a determinadas doenças.
Benefícios:
· Anti-inflamatório
· Anti-asmático
· Anti-oxidante
· Anti-cancerígeno
· Protector cardiovascular (evita a coagulação sanguínea)

Estudos revelam que o consumo de alho diminui o risco de cancro do cólon, da mama, da pele e do pulmão.
A alho deve ser consumido cru e a dose diária não deve ultrapassar os 2 dentes, o excesso pode provocar azia e a má digestão.

Até à próxima !

Livro “Cancro da Mama – Respostas sempre à mão”

Este livro foi escrito por uma médica, uma radioterapeuta e uma enfermeira e revisto pela cirurgiã mamária oncoplástica Maria João Cardoso, do Hospital da Trindade, do Porto.
As mais de 350 respostas estão relacionadas com perguntas feitas por testemunhos reais, que abordam várias tarefas e situações do dia-a-dia que julgamos como adquiridas, mas que na realidade se podem revelar um verdadeiro problema.
São frequentes as questões acerca do emprego, sobre o que acontece durante e depois da quimioterapia, como evitar a queda de cabelo, como levar avante a vida pessoal e social, que tipo de alimentação e exercícios podem ser feitos, entre muitas outras.
Visto que o tema do nosso projecto é a Oncologia, aconselhamos qualquer pessoa a ler este livro, de modo a adquirir certos conhecimentos práticos, a interiorizar um pouco como esta doença pode afectar não só o paciente em questão, seja homem ou mulher, mas também os seus familiares e amigos e consciencializar-se de que as coisas más não
acontecem só aos outros.

Esperemos que gostem!

Até à próxima!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Exposição - "Corpo - Estado, medicina e sociedade no tempo da I República"

Oláá!


A primeira publicação que fazemos no nosso blogue é acerca de uma exposição
 sobre o "Corpo - Estado, medicina e sociedade no tempo da I Républica". Achámos de algum interesse, uma vez que o tema está em tudo relacionado com o corpo humano, embora não seja direccionado especificamente para a oncologia.
Esta exposição é realizada com o espólio cedido pelo Museu da Saúde e que nos permite visualizar até que ponto a Medicina estava desenvolvida no início do século XX. Numa altura em que as doenças infecto-contagiosas seriam uma das principais causas de morte. Outro dos objectivos desta iniciativa será realçar quais as relações entre os profissionais de saúde e os vários grupos sociais.
Poderá assistir a esta exposição até dia 31 de Dezembro de 2010, no Torreão Poente da Praça do Comércio em Lisboa.

 Visite a página da Exposição - http://corpo.centenariorepublica.pt/

Até à próxima!

Inauguração do Blogue

Olá a todos!

Nós somos um grupo de 5 alunas, que no âmbito da disciplina de Área de Projecto, iniciámos a realização de um projecto para este ano lectivo. Este está relacionado com o tema Oncologia. O título do nosso trabalho é CONSEGUIR.
Hoje, finalmente, iniciámos a construção do nosso blogue.
Aqui iremos publicar alguns acontecimentos, notícias e outros assuntos que sejam interessantes para toda a comunidade.
Esperemos que gostem e que nos visitem regularmente.
 Algumas ideias que nos queiram dar, ou algum tema que gostariam que fosse tratado aqui no blogue, sugiram-nos que iremos tentar concretizar os vossos pedidos.


Até à próxima !


Marta Carvalho, Andreia Santos, Mara Chora, Patricia Soares e Sofia Soares.